quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

As melhores e piores leituras de 2015

2015 está a chegar ao fim e, como tal, é altura de recordar todas as leituras e escolher aquelas que mais me  marcaram e as que menos gostei.  A lista dos meus preferidos é maior do que a lista dos que menos gostei. Contudo, deve dizer que houve muitos livros que, apesar de não poderem constar entre os piores por não os considerar "maus", também não me marcaram particularmente. De um total de 82 livros lidos, aqui ficam as minhas melhores e piores leituras de 2015:

Os melhores

O Poço da Ascensão, de Brandon Sanderson
Opinião aqui

A Quimera de Praga, de Laini Taylor
Opinião aqui

Sete Minutos depois da Meia-Noite, de Patrick Ness
Opinião aqui

O Lago dos Sonhos, de Juliet Marillier
A Hora Solene, de Nuno Nepomuceno
Acácia - Vozes da Profecia, de David Anthony Durham
Opinião aqui

Os piores

Amor Cruel, de Colleen Hoover
Opinião aqui

A Alquimista das Cores, de Aimee Bender


Shiver - Um Amor Impossível, de Maggie Stiefvater
Vida e Morte, de Stephanie Meyer
Nota: A apresentação das listas foi feita de forma aleatória, não correspondendo a uma ordem específica.

4 comentários:

ℒιℓιαηα ಌ disse...

Bom Ano Novo, com tudo de bom e na companhia de muitas boas leituras :)

Maurilei Teodoro disse...

Destes livros citados li apenas O Poço da Ascensão, que realmente é muito bom. Minha melhor leitura do ano foi o primeiro volume da série Mistborn, O Império Final, pois achei mais surpreendente do que a continuação O Poço da Ascensão.

magarça disse...

Boa lista e boas leituras para o novo ano. A minha escolha para livro de 2015 vai para o Orfeu de Bicicleta – Um Pai no Século XXI, do brasileiro Francisco Bosco, é muito engraçado, falam dele aqui: http://observador.pt/especiais/livros-aprender-um-pai-porreiro/

Sofia Araújo disse...

Tenho o Império Final e o Poço da Ascenção na TBR :)


Pretty Books Blog