sexta-feira, 4 de abril de 2014

Presidente da Administração da Civilização Editora desmente notícia de falência



Ontem à tarde um post na página do facebook da escritora de livros infantojuvenis Luísa Ducla Soares lançava o alarme: "Hoje a Livraria Civilização Editora, onde tenho 57 livros, declarou insolvência. Uma editora com muitos anos e prestígio que morre como tantas outras e os seus autores estão de luto, as livrarias Bulhosa que possuía estão de luto, todos os que lhe entregaram os seus sonhos, o seu trabalho estão de luto. A cultura está, mais uma, vez de luto...". Esta declaração juntava-se a rumores de pedidos de insolvência por parte de credores.

Porém, Pedro Moura Bessa, presidente da administração do grupo, desmentiu ao DN a notícia:" Isto são apenas ajustamentos normais para uma empresa em tempo de crise e apresentamos um plano de revitalização que é exatamente o contrário de uma declaração de falência."

É uma das editoras mais antigas do país. Tem 133 anos, foi a primeira a lançar em Portugal livros de bolso e uma das pioneiras das feiras do livro, nos anos 30.

Fonte: Diário de Notícias (aqui)


É um alívio saber desta boa notícia! Desejo que os ajustamentos pelos quais a Civilização Editora está a passar a façam viver por muitos mais ano!

1 comentário:

Antero Braga disse...

Faço votos que consigam vencer. Os desafios nem sempre são fáceis. Força desejo a todos da equipa do grupo Civilzação que ao longo da minha actividade sempre admirei.
Abraço do vosso companheiro,
Antero Braga